12 prebióticos ricos para um intestino saudável


A importância de prebióticos no trato gastrointestinal, também conhecido como o intestino, tem sido comprovado em diversos estudos. Na verdade, várias instituições médicas têm vindo a realizar conferências e simpósios para discutir os enormes benefícios de prebióticos para a sua saúde, especificamente para o trato gastrointestinal. Por exemplo, em 2013, o New York Academy of Sciences e da Associação Científica Internacional de probióticos e prebióticos (ISAPP) organizou uma conferência apenas para o único propósito de discutir prebióticos e probióticos.

Pré-bióticos, no entanto, não deve ser confundido com probióticos. Os probióticos são boas bactérias que, quando ingerido, promove a sua saúde, mais especialmente para o sistema digestivo. Os prebióticos, por outro lado, são os hidratos de carbono não digeríveis, que atuam como alimentos ou fertilizante para probióticos. Pré-bióticos promover o crescimento e a atividade das boas bactérias no sistema digestivo.

Aqui está uma lista de alimentos pré-biótico-ricos:

1. Banana

Banana não é somente rica em potássio. Também é rica em fibra, que é muito bom para a digestão. Uma banana de tamanho médio tem cerca de 3 gramas de fibra, tornando-se uma boa fonte. Existem dois tipos de fibra em bananas encontrados:


Amido Resistente
Este é encontrado em bananas verdes. Este tipo de amido resistente à digestão e permanece no cólon. Enquanto ele permanece no cólon, bactérias boas ou probióticos "feed" do amido resistente. Com este processo, o amido resistente estimula as bactérias boas para a produção de butirato, um ácido gordo de cadeia curta, que é a fonte de energia preferida das células do epitélio do cólon.

Pectina
Este é um tipo de fibra que ocorre naturalmente em todas as frutas e legumes, e é considerado para ser muito útil na luta contra as células cancerosas. Uma equipa de investigação do Instituto de Investigação Alimentar de Norwich, Inglaterra descobriu que a pectina dificulta a galectina 3 (uma proteína produtora de tumor) de espalhar as células cancerosas para outras partes do corpo. A pectina é também muito útil na remoção das toxinas no cólon, evitando assim que o cancro do cólon.

2. Onion

Onion é um alimento pré-biótico rico porque é uma fonte natural de inulina. A inulina é uma fibra dietética não digerível. Assim como o amido resistente comumente encontrados em bananas, a inulina também resiste a digestão. À medida que passa através dos intestinos grosso e delgado, mistura-se com água, em seguida fermenta no intestino. Enquanto inulina permanece no intestino, ela funciona como um fertilizante para as bactérias benéficas. Ao manter essas bactérias boas, eles manter-se fora más bactérias do intestino que, por vezes, pode causar dor abdominal, inchaço, ou pior, diarreia.

3. pó de acácia

acácia em pó é considerado como um dos melhores fontes de prebióticos. Ele é produzido por moagem até a goma de acácia, o que vem a partir da árvore de acácia. Ele contém uma quantidade elevada de fibra insolúvel, que é fermentada no intestino, aumentando assim o crescimento de bactérias benéficas do cólon de proteção, tais como Bifidobacterium e Lactobacillus. Uma centena de gramas de pó de acácia contém 92 gramas de fibra.

4. Garlic

Assim como uma cebola, alho (em especial as matérias) também é rica em inulina. Uma centena de gramas de alho tem uma média de 17 gramas de fibra dietética esta não digerível. Quem está em risco de cancro do cólon é aconselhado a aumentar a população de bifidobactérias (um tipo de bactérias boas) em seu cólon através do consumo de alimentos prebióticos, incluindo o alho. Além disso, dissulfureto de dialilo - um composto derivado de alho - mostrou um potencial de esperança de causar uma morte de células HT-29 do cancro do cólon.

5. Asparagus

Espargos não é somente rica em vitamina K e ácido fólico. Além disso, é rica em inulina que ajuda na proliferação de bactérias benéficas no trato gastrointestinal, reduzindo assim o risco de cancro do cólon. O teor de inulina de espargos pode ser em torno de 2-3 gramas por 100 gramas.

Além dos alimentos acima mencionados, também na lista dos melhores alimentos prebióticos são:

alcachofras
dandelion greens
alho-poró
chicória
trigo
aveia e
soja.

Fonte: http://blogs.naturalnews.com/

0 comentários: